passeipostei

literatura ou quase

A danação de Fausto

leave a comment »

 

O médico, mágico e alquimista alemão Dr. Johannes Georg Faust é um dos personagens mais reinventados e intrigantes da literatura mundial. Ficou mais famoso através da obra do poeta alemão Johann Wolfgang von Goethe, que passou quase metade da sua vida escrevendo as duas partes do longo poema (a primeira parte publicada em 1806). Mas Goethe não foi o primeiro a contar o pacto de Fausto com Mefistófeles. A primeira versão da história foi publicada 1587 em Frankfurt, na Alemanha, pelo escritor e livreiro Johann Spiess. Um ano depois o dramaturgo inglês Christopher Marlowe transformou a história em peça de teatro e em 1760  Gotthold Ephraim Lessing deu uma nova voz ao Dr. Fausto. Depois de Goethe vieram as versões do poeta russo Puchkin, a de Paul Valéry e até do português Fernando Pessoa , chamada  Fausto: Uma Tragédia Subjectiva. No romance, temos o livro de Thomas Mann, Doktor Faustus, publicado em 1947.

O drama do médico que vendeu sua alma ao diabo não poderia deixar de fascinar músicos e coreógrafos ao longo dos séculos. Wagner, Berlioz, Shumann, Liszt e Gounoud fizeram suas versões melódicas para o tema. Selecionamos um trecho de Faust Symphony, de Liszt, interpretada pela Orquestra Sinfônica de Boston e conduzida de maneira magistral por Leonard Bernstein.

 

 

 

Anúncios

Written by passeipostei

19/06/2011 às 23:50

Passou, gostou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: