passeipostei

literatura ou quase

Marco Polo Guimarães

leave a comment »

 

O POEMA

 

o poema não pede

a palavra simples rima

mas outras harmonias

 

pede a força que permite

percorrer a noite em seu reverso

 

pede o punho forte, a espada limpa

a cor do sangue

 

e um mistério a decifrar

no chão de ferro

 

o poema é um nervo exposto

 

 

Marco Polo Guimarães nasceu no Recife. É jornalista, escritor e compositor. Publicou os livros: Voo subterrâneo, Brilho, Palavra clara, A superfície do silêncio, Caligrafias, Sax áspero e Corpointeiro (poesia); Narrativas e Memorial (prosa). Gravou o disco Ave Sangria e teve músicas gravadas por vários nomes da MPB, como Elba Ramalho, Ney Matogrosso e Silvério Pessoa.

 

 

Anúncios

Written by passeipostei

30/08/2011 às 17:47

Publicado em Poemas

Tagged with ,

Passou, gostou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: