passeipostei

literatura ou quase

Um conto de Juan Carlos Onetti

leave a comment »


OS BEIJOS

 

       Conhecera-os e sentira saudades dos de sua mãe. Beijava nas duas faces ou na mão toda mulher indiferente que lhe apresentassem, respeitava o rito prostibular que proibia unir as bocas; namoradas, mulheres o haviam beijado com as línguas presas na garganta, detendo-se, sábias e meticulosas, para beijar-lhe o membro. Saliva, calor e deslizamentos, como deve ser.
       Depois a imprevista entrada da mulher, desconhecida, atravessando a ferradura de parentes lutuosos, esposa e filhos, amigos chorosos suspirantes.
       Aproximou-se, impávida, a putíssima, a atrevidíssima, para beijar-lhe a frieza da testa, por cima da borda do caixão, deixando, entre a horizontalidade das três rugas, uma pequena mancha de batom vermelho.

 

Do livro  47 contos de Juan Carlos Onetti .  Tradução Josely Vianna Baptista.

 

 

 

Anúncios

Written by passeipostei

21/04/2012 às 18:05

Publicado em Contos

Tagged with

Passou, gostou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: