passeipostei

literatura ou quase

Dois poemas de Frank Bidart

with one comment

 
 
ESTROFES TERMINANDO COM AS MESMAS DUAS PALAVRAS

 

Primeiro, me senti receoso porque havia entrado
pela porta que dizia Tua Morte.

Nenhuma palavra de valor se
desentranhava de tua morte.

És a ruína cujo braço enlaça a mulher jovem
no bar póstumo, antes de tua morte.

Acima de ti, a grama ainda
está faminta, alimentada por tua morte.

Mata quem matou teu pai, disse tua vida
voltando-se de novo para mim antes de tua morte.

Difícil envelhecer e manter a fome.
Ainda tinhas fome na hora de tua morte.

 

STANZAS ENDING WITH THE SAME TWO WORDS

 

At first I felt shame because I had entered
through the door marked Your Death.

Not a valuable word written
unsteeped in your death.

You are the ruin whose arm encircles the young woman
at the posthumous bar, before your death.

The grass is still hungry
above you, fed by your death.

Kill whatever killed your father, your life
turning to me again said before your death.

Hard to grow old still hungry.
You were still hungry at your death.

 

Prometheus and God, do artista gráfico sérvio Dejano23.

 

 

FOME DO ABSOLUTO


A Terra você sabe é redonda mas parece chata.

Você não pode confiar
nos sentidos.

Você pensa que já viu todo tipo de criatura
porém não

esta criatura.

*

Quando o conheci, sabia que

me havia desmamado de Deus, não
da fome do absoluto. Ó boca

insaciável pronunciando o que é e deve
permanecer inapreensível —

dizendo Você não é finito. Você não é finito.

 


HUNGER FOR THE ABSOLUTE


Earth you know is round but seems flat.

You can’t trust
your senses.

You thought you had seen every variety of creature
but not

this creature.

*


When I met him, I knew I had

weaned myself from God, not
hunger for the absolute. O unquenched

mouth, tonguing what is and must
remain inapprehensible —

saying You are not finite. You are not finite.

 

 

 

Frank Bidart nasceu na Califórnia em 1939. É professor de inglês no Wellesley College, em Boston. Publicou Golden State, The Sacrifice, Star Dust e Metaphysical Dog. Os dois poemas aqui publicados foram traduzidos por Carlos Machado, que mantém o blog Alguma Poesia.


 
 

Anúncios

Written by passeipostei

08/12/2013 às 17:21

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Acusamos recebimento. Saudaes. Natanael Jr.Editor do site http://www.domingocompoesia.com.br

    Date: Sun, 8 Dec 2013 20:21:25 +0000 To: natanaeljr12@hotmail.com

    Natanael Jos

    09/12/2013 at 20:50


Passou, gostou? Comente.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: